Paraná

Os 10 melhores restaurantes árabes de Curitiba para comer bem e se divertir

Os 10 melhores restaurantes árabes de Curitiba para comer bem e se divertir
28 set 2015
Atualizado em: 30/10/2017

Minha história de amor com a comida árabe começou com um encontro bem brasileiro. Eu, uma legítima descendente de italianos acostumada a macarronada e polenta com frango. Ele, um filho de árabes criado na fartura da mesa dos patrícios.

Acabei entrando de cabeça, estômago e afeto na história e a vida misturou os cardápios. Incorporei a coalhada no café da manhã, troquei o macarrão de domingo (às vezes!) pela carne de carneiro. E acabei conhecendo um monte de restaurantes árabes aqui em Curitiba, onde moramos.

Em minhas andanças, selecionei os 10 lugares que mais gosto. Alguns tem a melhor comida árabe de Curitiba ( em minha opinião, pelo menos). Outros, o ambiente mais bacana pra comer e se divertir à moda árabe. Em quase todos, um imigrante sírio ou libanês, às vezes a família inteira, toma conta do fogão e do balcão.

A maioria chegou na década de 70, durante a Guerra Civil no Líbano. De lá pra cá, O Paraná ganhou a segunda maior colônia árabe do país, atrás apenas de São Paulo. E alguns temperos novos para juntar à mistura étnica que temos por aqui.

Conto mais desta história aqui -> A Mesquita Azul de Curitiba

Esta é uma lista muito pessoal, baseada exclusivamente em minha experiência. Não é fácil indicar os melhores restaurantes árabes de Curitiba entre tantas opções. Se você conhece outros lugares interessantes, fique à vontade para indicar. Vou adorar experimentar!

1- Confeitaria Al Baba

Confeitaria Árabe em Curitiba I

Uma autêntica confeitaria do Oriente Médio no centro de Curitiba. O chef é o próprio dono, que trouxe mais de 200 receitas do Líbano e criou um ambiente tipicamente árabe. Você escolhe o que quer em grandes formas redondas, pesa e paga no caixa. Gosto tanto que fiz um post inteirinho sobre ela: Al Baba: A Confeitaria Árabe de Curitiba

Além dos doces, o Al Baba faz ótimas pastas e salgados. Os quibes e as esfihas, pra mim, estão entre os melhores da cidade. Dá pra comer ou levar o banquete pra casa.

***Minha dica: Nas manhãs de domingo, a confeitaria serve o knafeh, um doce feito de queijo, massa de semolina e água de flores. Uma delícia cortada e servida ainda quente…:)

O diferencial: O ambiente, a variedade e a qualidade dos doces e salgados.
Alguns preços: 100 gramas de baklawa, R$10,90. Namura de coco, R$2,90 a unidade. Pastas, R$51,75 o quilo.
Onde fica: O restaurante que eu frequento fica na R. Emiliano Perneta, 865, Centro. Tem filiais na R. Eduardo Sprada, 1190 e na Mercadoteca, Rua Paulo Gorski, 1309 (lanches).

2- Armazém Califórnia

Restaurante Califórnia - Curitiba

O lugar é pequeno, meio escondido numa ruazinha do centro de Curitiba. Dentro, poucas mesas, preço bom e o sabor árabe mais deliciosamente caseiro que encontrei na cidade.

O dono veio do Líbano há 50 anos, abriu o restaurante há 4 e usa até hoje ervas importadas do oriente. O restaurante serve porções tradicionais (a pasta de grão de bico é perfeita!), um mix de pastas com pão e salada e o especial do dia: um pratão maravilhoso com quibe assado, espeto de kafta, charuto de repolho, tabule, berinjela com nozes e hommus.

***Minha dica: Experimente a esfiha de kafta. É fora do comum, eu garanto! Durante a semana, veja a opção do dia. Tem sempre um prato diferente com comida árabe caseira.

Diferencial: Os excelentes pratos feitos, o preço bom e o tempero autêntico.
Preços: Porções, entre R$7,00 e R$ 12,00. Mix de pastas, entre R$ 27,50 a R$39,50 dependendo do tamanho. Especial do dia sai por R$27,00
Onde fica: R. Saldanha Marinho, 68, Centro. Ao lado da Catedral.

3- Baba Salim

Restaurante Árabe em Curitiba - Baba Salim

Uma mistura de boteco com restaurante árabe, perfeito pra começar a noite com amigos, cerveja gelada e comidinhas gostosas. A localização ajuda, bem ao lado do Teatro Guaíra, perto do prédio histórico da UFPR.

O Baba Salim serve os pratos clássicos, mas o estilo de bar combina mesmo com as esfihas (adoro a de coalhada!), pizzas e lanches. Estão todos no cardápio: o shawarma (pão árabe com recheio de carne fatiada), o Kebab (pão com recheio de kafta e hommus) e o faláfel ( pão com bolinho de fava).

***Minha dica: Experimente a pizza libanesa, com massa de esfiha, gergelim e muita azeitona picada. A mistura ficou ótima!

Alguns preços: Kebab, R$14,90. Esfihas pequenas, a partir de R$2,00. Pizzas, a partir de R$37,00.
Diferencial: O ambiente descontraído e aconchegante, decorado com desenhos, fotos e objetos de origem árabe.
Onde fica: Rua Amintas de Barros, 45, Centro.

4-Oriente Árabe

Restaurante Oriente Árabe - Curitiba

Tem um cardápio enorme e muita flexibilidade na hora de servir. Você pode optar por porções, combos, pratos executivos, pratos à la carte ou pelo rodízio de 20 pratos. Depende da sua fome e do seu bolso. O meu prato preferido é o cuscuz marroquino, delicioso e difícil de encontrar em restaurantes.

***Minha dica: O rodízio é mais barato nas noites de terça e quarta feira (R$87,00 para duas pessoas). No domingo, talvez pela localização, tudo fica mais caro.

Diferencial: A localização no Largo da Ordem e o cuscuz marroquino.
Alguns preços: O trio de pastas custa R$32,00. O prato executivo (1 prato frio, 1 prato quente, um salgado, arroz, pão e suco de laranja), R$24,00. Os combos variam de R$34,00 a R$64,00. Rodízio aos domingos, R$63,00 (para uma pessoa).
Onde fica: Largo da Ordem, Centro.

5- Le Liban

Melhor restaurante árabe de Curitiba

Não tem erro. O Le Liban aparece sempre nas listas dos melhores restaurantes árabes de Curitiba e merece a fama. O restaurante cresceu, mas nem tanto. A matriarca da família segue comandando a cozinha e a comida continua bem feita e muito saborosa. Além dos pratos à la carte, dos combinados e dos executivos, serve também lanches, doces e sorvetes com sabores árabes.

***Minha dica: Se você não está sozinho, vale a pena pedir várias porções separadas em vez do prato executivo. Comece com o fatouch, a salada árabe com alface, tomate, pepino, rabanete, pimentão e pão crocante. E termine com um cafezinho com cardamomo, outra tradição árabe.

Diferencial: O conjunto da obra. Pra mim, o Le Liban faz a melhor comida árabe de Curitiba.
Preços: Prato de homus: R$16,50. Combinado de kibe cru, homus e tabule: R$28,50. Beirute de peru: R$21,90. Executivo com aroz com lentilha,salada, homus e espeto de kafta: R$32,00.
Onde fica: Rua Augusto Stresser, 1570. Hugo Lange

6-Cantinho Árabe

Restaurante Cantinho Árabe

Neste restaurante, a gente ganha uma coisa que faz toda a diferença: a atenção do dono. O libanês Vittor Abdul abriu o restaurante há 22 anos e até hoje recebe os clientes pessoalmente. Ele vai em todas as mesas, conversa, explica o cardápio.

***Minha dica: A porção de quibe cru, servida com salada, pão e cebola, é impecável. As kaftas também são muito boas. Se você encara um prato mais típico, experimente a tripa de carneiro recheada com arroz, grão de bico e carne moída.

Diferencial: O jeito caloroso de receber. Além de simpatia do seo Abdul, eu adoro as esfihas que a casa oferece como cortesia logo na chegada.
Alguns preços: A porção de quibe cru, R$37,00. O charuto de folha de uva (porção com 10 unidades) , R$19,00. Kafta, R$9,00 reais cada. Porção de tripa, R$22,00.
Localização: R. Shiller, 1967, Hugo Lange

7-Al Beirut

Melhores restaurantes árabes de Curitiba

É o árabe perfeito para um happy hour ou um almoço em um domingo de sol. As mesas na varanda, o cardápio com 11 opções de cerveja e o tempero, um pouco mais picante, combinam com este jeitão informal.

Se não quiser jantar, os bolinhos de faláfel, feitos com massa de grão de bico, são ótimos aperitivos.

***Minha dica: experimente vários pratos já que a meia porção custa menos da metade da porção inteira. Duas pessoas podem pedir, por exemplo, uma Kafta (é grande!) e três meias porções de pastas ou outros acompanhamentos.

Diferencial: O ambiente descontraído e as porções boas e fartas.
Preços: Porções inteiras, entre R$23,00 e R$25,00
Onde Fica: Rua Senador Sousa Naves, 773, Alto da Rua XV. É uma região cheia de restaurantes gostosos.

8- Al Beek

Shawarma Curitiba

Para mim, faz o shawarma mais gostoso da cidade. O shawarma é um sanduiche árabe clássico. Leva carne assada no espeto (tem também com frango ou misto), salada e molho de tahine, tudo enrolado em pão árabe. Virou moda nos últimos anos por ser rápido, saudável e barato (normalmente).

O Al Beek é um restaurante pequeno e popular, quase uma lanchonete. Fica bem no centro, em frente a um ponto de ônibus, a uma quadra do Largo da Ordem. O dono é um refugiado sírio que chegou ao Brasil há três anos fugindo da guerra por lá. Além dos lanches, ele mesmo prepara esfihas, quibes, doces e pratos árabes tradicionais.

Minha dica: Experimente o shawarma, claro!

Diferencial: Comida caprichada, artesanal e barata. Um bom lugar para um lanche rápido no centro.
Alguns preços: Shawarma em pão árabe: R$11,00. Shawarma no pão francês: R$6,50. Esfiha ( grande): R$3,25.
Onde Fica: Rua Nestor de Castro, 180, Centro. Entre o Largo da Ordem e a Rua Das Flores (Av. XV de novembro)

9-Patrício

Restaurante Patrício - Curitiba

Um restaurante tradicional, cheio de famílias aos domingos. As pastas são servidas em um buffet e o restante dos pratos vem direto na mesa por um preço único. É tipo um kit árabe básico e bem feito: quibes, esfihas, kaftas, charutos e abobrinhas recheadas.

***Minha dica: O Patrício é uma opção econômica para as famílias já que crianças até 11 anos não pagam.

Diferencial: A rapidez e o sistema de preço único (razoável) com tudo incluído (exceto bebidas).
Preço: R$48 reais por pessoa. Criança não paga.
Onde fica: Av Silva Jardim, 4261 . Batel

10-Bagdá Café

Bagdá Café - Curitiba

No Bagdá, a comida é só um detalhe. Os pratos tradicionais estão lá , servidos à moda árabe, com todas as porções separadas . Mas eu costumo ir lá mesmo por causa do ambiente, da música, das apresentações de dança árabe e, principalmente, pela animação.

O dono da casa, o libanês Jorge Adnan, toca com os músicos, dança e comanda a festa todas as noites. E ele não tem preconceito. Música árabe aqui rima com Zeca Pagodinho, em clima de “deixa a vida me levar”.

***Minha dica: Todas as noites são animadas, mas a de quinta-feira é especial. Oito dançarinas apresentam diversos estilos de dança do ventre, interagindo com os frequentadores. A animação é tanta que muita gente acaba arriscando uns passinhos…

Diferencial: O clima único de festa ao estilo árabe.
Preços: Às terças e quartas, sequência de pratos a R$25,00 (couvert a R$5,00) Às quintas, jantar entre R$38,00 a R$65,00 (couvert a R$20,00). Às sextas, tem promoção: jantar para duas pessoas (com couvert artístico incluso)por R$89,00.
Onde fica: Rua Padre Anchieta, 262 – Mercês. Abre de terça à sábado, a partir das 18h30.

E aí, gosto da minha lista? Tem algum outro restaurante árabe para indicar? Conta pra gente na caixa de comentários.

*Atenção: os preços apresentados são apenas uma referência e podem ter sofrido alterações.

 

FOTOS: CASSIANA PIZAIA

———————–
Veja nossos outros posts sobre Curitiba:

-> Al Baba: a confeitaria árabe da cidade
-> Restaurante Imperial: o clássico bom e barato no centro de Curitiba
-> O que fazer em Curitiba? Comece pela Rua das Flores

Sobre o litoral do Paraná:

-> Guaraqueçaba: o que fazer entre a serra e o mar
-> Ilha de Superagui: entre botos, trilhas e praias desertas
-> Pousadas na Ilha do Mel: onde se hospedar em Brasília, Encantadas, Farol e Fortaleza
-> Pousadas em Guaraqueçaba e Superagüi: onde é melhor se hospedar

por Cassiana Pizaia
compartilhe:

Veja também:

comentários

  1. Rima
    29 set 2015

    Tem o missal shawarma. Uma delícia também ! E com preço acessível

    • Cassiana Pizaia
      29 set 2015

      Sim, o shawarma do Missal também é muito bom. Obrigada, Rima!

  2. Schroeder
    29 set 2015

    Quando puder, fale do mais tradicional deles, o Velho oriente, hoje lá na Rua Chile, logo depois da rápida bairro-centro (Guilherme Pugsley), no Água Verde. Antigamente funcionava no centro da cidade. E o nome era Oriente Árabe. O proprietário é o mesmo, desde os anos 1970…

    • Cassiana Pizaia
      29 set 2015

      Acredito que você esteja falando do Velho Oriente, Schroeder. É realmente um restaurante bastante tradicional em Curitiba. Mas, infelizmente, a comida não é mais a mesma, pelo menos pra mim. Obrigada pelo retorno!!!!!!

  3. Adriana
    29 set 2015

    Não sabia q Curitiba tinha tantos restaurantes árabes!!!! Adorei o post , nos deixa com vontade de conhecer todos… O Al Baba abriu em Londrina… Adoramos os doces !!!

    • Cassiana Pizaia
      30 set 2015

      Na verdade, tem muito mais, Adriana! Dava até pra fazer outro post. Obrigada pela visita!

  4. Olá Cassiana,
    Sou uma aprecidora da culinária árabe além de fazer parte de uma familia árabe moro em Curitiba, conheço os donos da maioria dos restaurantes árabes de curitiba, inclusive desse no qual vc publicou aqui, então posso dizer que faço parte da comunidade árabe além da comunidade muçulmana apesar de eu não ser muçulmana Rsrsrsrs, sou também blogueira e informo as pessoas a respeito de nossa cultura, culinária, entretedimento, beleza, e entre outras, caso queira conhecer informo o link: https://www.facebook.com/mundoarabevidaecultura, se quizer ou tiver alguma duvida a respeito desse mundo tão maravilhoso que é o nosso, vc pode me contatar para tirar suas duvidas caso precisar, já lhe adicionei no face então acho que não será dificil me achar com o link que lhe forneci, bem tenho sim mais restalrantes árabes em curitiba no qual possuo conhecimento segue a lista de nomes: 1-) Dom Kebeb: Fica na Rua viscente Machado,767 – Batel – Curitiba – PR -CEP: 80.420-011 – Fone: (41) 3232.3200, 2-) Sheik Ali: Fica na Endereço: R Pe. Germano Mayer , 2032 – Hugo Lange – Curitiba – PR – Fone: (41) 3014-3434, 3-) Cantina Árabe Restaurante: Fica na R. Schiller , 1967 CJ 1 , Alto da Rua Xv – Curitiba – PR – Fone: (41) 3264-1318, 4-) Kibe da Boca (Lanches e Refeições): Fica nas Filiais:
    *Galeria Tijucas
    *Praça Generoso Marques.
    Endereços:
    Loja 1 (Galeria Tijucas): Av. Luiz Xavier, 68 – Loja 7- Centro – Curitiba – PR
    Loja 2 (Praça Generoso Marques): Praça Generoso Marques, 105 – Centro – Curitiba PR
    Fone: (41) 3232-3234 (Loja 1) /(41) 3232-3234 (Loja 2).

    5-) Barakiah (conhecido tambem por BARAQUIAS) filial ParkShoppingBarigui (OU PESSA POR DELIVERY EM CASA NO SITE DO CURITIBA DELIVERY)

    Park Shopping Barigüi, Loja 608, Piso G5 – R. Prof. Pedro Viriato Parigot de Souza, 600 – Mossunguê, Curitiba – PR, 81200-100 – Telefone:(41) 3317-6300

    Outras filiais:

    Juvevê – 3387-9050 / 3387-9056 ( Delivery )
    Água Verde – 3243-8975 / 3244-2711 ( Delivery )
    ParkShoppingBarigui – (41) 3317-6300

    Barakiah Bairro Juvevê
    Endereço: R. Manoel Eufrásio, 637, Juvevê, Curitiba, CEP: 80540010.

    Barakiah Bairro Água Verde
    Endereço: Avenida Iguacu, 2820 – Centro /Água verde – Curitiba- PR – Teleone: 3243-8975

    Restaurante Baraquias; Barakiah filial Ahú

    Endereço: R. Manoel Eufrásio, 637 – Ahu, Curitiba – PR, 80540-010 – Telefone:(41) 3387-9056
    Site: http://baraquias.com/

    6-) Restaurante e Lanchonete Gebara’s Shwarmeria Bairro Alto

    Endereço: Rua Alberico Flores Bueno, Próximo ao número 742 (ao lado da loja O Boticário do Bairro Alto) – Bairro Alto – Curitiba – PR
    Ache o endereço do Gebara’s no Link: https://pt.foursquare.com/v/gebaras-shawarma/54833077498eb2675045ffb0

    Espero ter ajudado,
    Abraços Yasmin Cury

  5. Ahhh sim desculpe faltou o Restaurante Tahine hehehehe.

    Restaurante Tahine

    Joaquim da Silva Sampaio, 172 – Mercês

    CEP: 80710-630 – Curitiba – Paraná

    Fones: (41) 9972-7630 e (41) 3016-7630

    Atendimento: Segunda a Sexta das 11:30 às 14:30

    Sábado das 12:00 às 15:00

    Site: http://tahine.com.br/

    Espero que tenha gostado !
    Abraços.

    • Cassiana Pizaia
      10 fev 2016

      Olá, Yasmin. Muito obrigada pela gentileza e pelas dicas de restaurantes. Alguns eu já conheço, os outros eu vou experimentar com certeza. A minha lista de delícias árabes tá ficando cada vez maior! 😉 Abraços!

  6. Gustavo Luis
    19 mar 2016

    Fui no Missal Shawarma gostei tambem , mas o do rapaz Sirio lá do Al beek é fora de série muito bom mesmo os temperos são bem saborosos fazendo com que o sanduiche fique muito bom..

    • Cassiana Pizaia
      21 mar 2016

      Também achei isso, Gustavo. Obrigada!!!

  7. Thaineh
    20 abr 2016

    Exceleeeeeeente lista, cheia de dicas sensacionais. Estava procurando algum restaurante árabe para levar alguns amigos, e aqui eu encontrei todos ! Pude escolher dentre os vários que citou ! Obrigada 🙂

    • Cassiana Pizaia
      25 abr 2016

      Obrigada, Thaineh!

  8. Walter A. Frankl
    01 nov 2016

    Adoro comida étnica e adoro cozinhar. Gosto de comida “roots” com o gosto que deve ter no país de origem, abrasileirada não. Se é feito na chapa, não é shawarma.
    Para procurar receitas na internet tento usar a língua nativa da comida, uso o tradutor.
    Uma vez procurando por : الفلافل (falafel), vi nas imagens um picles cor-de-rosa, descobri depois que é acompanhamento comum do falafel, no Oriente Médio.
    Eu já era fã do Missal quando uma vez perambulando pela Rua Barão do Rio Branco, vi o tal “picles cor-de-rosa” em uma pequena lanchonete que vendia shawarma. Não sosseguei até voltar lá para comer o shawarma deles, comi também o sanduíche enrolado de falafel que é raro de se encontrar aqui, só se encontra em porção. SENSACIONAL, sabor “roots” como eu gosto, tinha inclusive o “picles cor-de-rosa”, conversei com o cara que era senão o próprio rapaz Sírio, acho que nome dele é Wissan, que posteriormente saiu desse lugar e abriu o Al beek já supra citado.
    Depois desse papo furado quero falar do Sahara Comida Árabe, no Shopping Itália, o lugar é simples, praça da alimentação, mas a comida é de emocionar. A dona e responsável pela comida é a Salam, ela é síria mas já veio pro Brasil há muitos anos, é fluente em português e é uma querida. O marido é o Toni, reservado e simpático. Lá eu já comi “Foul Medames” feito com favas, comi aquelas pimentas verdes compridas em conserva, várias coisas que só encontrei lá. Ela faz katayef, muita coisa… Ela é caprichosa com detalhes, nas berinjelas recheadas tem snubar, tem snubar em um monte de pratos e capricho em todos, por essas e outras o preço do kilo não é barato mas é justo.

    Abraços a todos.

    • Cassiana Pizaia
      11 nov 2016

      Olá, Valter, não tinha me atentado para o “picles cor-de-rosa” no recheio. Obrigada pela dica! Sobre o Sahara, é realmente um bom restaurante, com comida árabe caseira e atendimento atencioso. Gosto muito também! Com certeza, vai entrar na próxima lista. Abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *