Cuba

O que fazer em Cuba em 7, 10 ou mais dias

O que fazer em Cuba em 7, 10 ou mais dias
02 dez 2015
Atualizado em: 13/11/2017

Cuba é pouco maior do que o estado de Pernambuco, mas não se engane com o tamanho. Conhecer a ilha toda demanda bastante tempo, principalmente porque ninguém quer passar correndo por uma praia do Caribe ou uma bela cidade histórica.

Começar pela capital é mesmo a maneira mais interessante de entrar no clima da ilha. Embora as praias cubanas sejam uma tentação (dá para ir direto a Varadero, Cayo Largo ou Cayo Coco, que tem aeroporto internacional), ninguém pode dizer que conheceu Cuba de verdade se não passar uns dias em Havana. Dê uma olhada no nosso roteiro de 3 dias pela cidade:

-> Três dias em Havana: o que fazer e viver na capital de Cuba

A partir da capital, o melhor roteiro de viagem vai depender do seu estilo e, principalmente, do tempo da viagem. Por conta da logística, as regiões mais próximas de Havana, no centro e oeste do país, acabam sendo os destinos mais procurados. Foi eu que eu fiz também. Meu roteiro incluiu Havana, Valle de Viñales, Trinidad, Varadero e Cayo Largo.

O que conhecer em Cuba e sugestões de roteiro

ROTEIRO DE SETE DIAS

Praça de Havana.

Praça de Havana.

Com sete dias, a tradicional dobradinha Havana – praia funciona bem. Você pode optar por Varadero ou um dos cayos.

A principal vantagem de Varadero é o acesso fácil e barato a partir da Capital. Em ônibus climatizado da Viazul, a boa companhia de ônibus cubana, o percurso leva 3 horas e custa 10 dólares.

Praia de Cayo Largo.

Praia de Cayo Largo.

Os cayos são pequenas ilhas que cercam o grande arquipélago cubano. Por isso mesmo, costumam ter ambiente mais selvagem e ainda mais isolado da vida cotidiana de Cuba. Veja mais detalhes e dicas sobre Varadero e Cayo Largo:

->Varadero: Como ir, reservar hospedagem e circular sem pacote.
-> Um dia de paraiso na Ilha de Cayo Largo, em Cuba.

Se optar por quatro noites em Havana, vale a pena fazer a excursão de um dia ao Valle de los Viñales, no oeste de Cuba, a 180 km da capital.

->Cuba: O Valle de Viñales

Cuba - onde ir I

O vale, na província de Pinar del Rio, tem as paisagens rurais mais incríveis que vi em Cuba. Os “ mongotes”, estruturas enormes que restaram de um antigo planalto de calcário, surgem no meio das tradicionais plantações de tabaco. Embaixo deles, há uma gigantesca rede de cavernas. Um paraíso pra quem gosta de natureza. Se for seu caso, vale passar pelo menos uma noite lá.

ROTEIRO DE 9 DIAS

Com 9 ou 10 noites, já dá para incluir Trinidad, a 350 km de Havana. A cidade foi construída no século 16 e parece parada no tempo. Além da arquitetura colonial, preserva o artesanato e a autêntica música cubana. Uma delícia!

Muita gente faz um bate-e-volta a partir de Havana ou Varadero, mas eu acho isso um desperdício. Vale a pena pousar pelo menos uma noite para aproveitar com calma a vida noturna da cidade.

Trinidad com a serra ao fundo.

Trinidad com a serra ao fundo.

De Trinidad, dá pra ir de excursão a Cayo Blanco, ao sul, e aos Cayos Coco e Guilhermo, ao norte. Ou conhecer a Sierra de Escambray, que emoldura a cidade.

Se você vier de Havana ou de Varadero, é provável que passe por Santa Clara. A cidadezinha ficou famosa depois que Che Guevara liderou ali a última batalha da revolução cubana.

ROTEIROS DE DUAS SEMANAS

A partir de duas semanas, inclua Santiago de Cuba e a região mais a leste da ilha no roteiro. É segunda cidade cubana em tamanho, a capital da música e da cultura de origem africana, aos pés de Sierra Maestra.

Santiago estava nos meus planos mas acabei desistindo por causa da distância. Seriam 16 horas de ônibus a partir de Havana ou uma passagem cara de avião… E como eu teria que voltar para pegar o avião de volta, sobraria pouco tempo para aproveitar a cidade.

Ficou uma vontade enorme de explorar a região. De Santiago, saem passeios para Sierra Maestra, onde Fidel Castro, Che Guevara e seus companheiros se esconderam no início da revolução. Dalí partiram os guerrilheiros que atravessaram o país até derrubar Fulgêncio Batista, em 1958. Conto mais desta história toda aqui:

-> De Sierra Maestra ao Museu da Revolução

Para ir de avião, é preciso comprar a passagem em uma agência de turismo. Explico direitinho como se locomover por Cuba aqui -> Como ir de Havana a Varadero, Trinidad, Santiago de Cuba e Cayo Largo .

Tem mais?

O que ver em Cuba

Lógico que há muitos outros lugares interessantes para se conhecer em Cuba. Os mais aventureiros podem abrir mão de Varadero e dos cayos mais estruturados e explorar as praias de Maria La Gorda, no oeste.

Ao sul, na Bahia de Cochinos (a famosa Baía dos Porcos, onde os guerrilheiros de Fidel derrotaram os contrarrevolucionários) há várias atrações para quem gosta de natureza. E ainda tem o carnaval de Santiago, em julho.

Ou seja, a não ser que você seja um felizardo com um mês inteiro para explorar Cuba, a ilha sempre vai deixar um gostinho de quero mais.

FOTOS: Cassiana Pizaia

——————-
Quer saber mais sobre Cuba? Veja nossos outros posts sobre a ilha:

Dicas para planejar a viagem:

Cuba|Guia de Viagem: visto, dinheiro, internet, quando ir e o que fazer
Quanto custa viajar para Cuba?
Hospedagem em casa particular em Cuba: como escolher e reservar
O que ( e onde) comer em Havana
Transportes em Havana: entre ônibus, bicitaxis e almendrones
Praias de Cuba: Varadero ou Cayo Largo?
Cuba hoje: O que já mudou na ilha

Passeios e destinos

Três dias em Havana: o que fazer e viver na capital de Cuba

O que fazer em Havana: Um roteiro pelo centro histórico
O que fazer em Havana: O bairro de Centro Habana
O Valle de Viñales
Trinidad: A cidade histórica mais charmosa de Cuba
Varadero: Como ir, reservar hospedagem e circular sem pacote
Um dia de paraíso nas praias de Cayo Largo

por Cassiana Pizaia
compartilhe:

Veja também:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *