Sobre

Sou jornalista por profissão, escritora de coração e inquieta por natureza.  Se você ler esta história até o final, talvez  pense que, em algum ponto, eu tive azar. Mas eu discordo.

Sou uma pessoa de sorte.

Para começar, sempre soube o que fazer da vida. Numa época em que descobrir o próprio caminho é quase uma odisseia, isso é uma vantagem e tanto. E o que eu queria, desde que me lembro, era simples: ler, escrever e explorar o mundo (sim,  aos 10 anos eu achava explorar um mundo um coisa simples ; ).

Como não era, a ideia ganhou nome de curso: jornalismo. Virei repórter de TV, um jeito de estar cada dia em um lugar, contando uma história diferente. Em poucos anos, mudei quatro vezes de cidade e de emprego. Cheguei à Globo. Reportei, produzi, apresentei, coordenei equipes.

Em casa, com duas crianças, uma outra jornada começava.  E eu entrei nela de cabeça. Feliz, mas também meio descabelada como a maioria das mães.

Enquanto isso, eu viajava. Solteira, casada, sozinha, com mãe, irmãos, marido, filhos. Roteiros clássicos, inusitados, aventuras, descobertas. A curiosidade levando sempre a lugares inesperados e àquelas roubadas que depois viram nossas melhores lembranças.

Foram elas que me inspiraram quando o trabalho deixou de ser prazer e virou obrigação. Depois de 20 anos, pedi demissão do emprego que muitos consideram dos sonhos. E fui perseguir o meu.

Recomecei.  O blog de viagens Outras Terras foi o início. Depois, quase sem querer, embarquei num projeto completamente novo: a ficção. A coleção infanto-juvenil Crianças Na Rede, em parceria com a psicóloga Rima Awada e a bibliotecária Rosi Vilas Boas, foi publicada pela Editora do Brasil no fim de 2016.  Hoje está sendo adotada por escolas de todo o pais.

Quando a história parecia voltar aos trilhos, veio o diagnóstico. Câncer. Entre a cirurgia e as sessões de quimioterapia eu começava uma outra busca, desta vez em busca de equilíbrio, saúde, paz de espírito e coragem. Em vez de viagens, livros sobre alimentação, meditação, ioga. Vieram novos hábitos, amigos e histórias.

Entre tantos desafios, o trabalho brotava daquele rio profundo que me acompanhou deste sempre.  O Outras Terras virou canal e um projeto audiovisual em parceria com o jornalista Vinícius Sgarbe. O fruto mais querido, o documentário Viagem pela Palestina, começa a ganhar as telas.

O aos4ventos é uma mistura de tudo isso. Um lugar de viagens, livros, filmes, ideias e tudo o mais que me motiva e faz feliz.

Hoje, eu sigo em tratamento.

Continuo também a ser uma pessoa de sorte.

Moro em Curitiba com a família, três gatos, uma horta e uma estante cheia de livros. Sigo também fazendo o que sempre quis: ler, contar histórias e descobrir, seja no quintal de casa ou do outro lado do mundo.

Tudo isso você vai encontrar aqui. Com o pé na estrada, no sofá da sala ou naquele instante de paz entre um compromisso e outro, espero que o aos4ventos te leve e inspire também.

Um abraço!

Cassiana

Em Petra, Jordânia.