18.09.2015

Um dia de paraíso nas praias de Cayo Largo, em Cuba

Um dia de paraíso nas praias de Cayo Largo, em Cuba

Depois de 8 dias intensos em Cuba, eu já estava sonhando com Cayo Largo. Tinha percorrido Havana, ido a Varadero e a Trinidad de ônibus, feito um bate e volta ao Valle de Viñales, no Oeste de Cuba.

Faltava um cayo, como os cubanos chamam as milhares de pequenas ilhas que cercam a ilha-mãe de Cuba.

Se são milhares, por que tinha que ser uma das mais difíceis de chegar? Talvez por isso mesmo. Apesar de ser um destino consagrado (tem até aeroporto internacional), Cayo Largo talvez seja a ilha cubana que mais se parece com a imagem de paraíso intocado do Caribe que a gente tem na cabeça.

Praia de Cayo Largo.

Praia de Cayo Largo.

Eu sei, paraísos não existem, mas a ideia combina bem com o que eu encontrei lá. Vou logo dizendo: no quesito “mar azul turquesa”, Varadero pode até rivalizar com Cayo Largo. Mas do ponto de vista de natureza, paisagem, tranquilidade e passeio maravilhoso de barco, não tem pra ninguém.

Com apenas 25 quilômetros de extensão, Cayo Largo faz parte do arquipélago de Los Canarreos, que fica ao sul da ilha, um dos mais distantes da costa. Não dá pra ir lá de barco pequeno nem de carro, como a Cayo Blanco , onde o governo construiu uma estrada sobre diques artificiais. Só de avião mesmo. Veja no mapa:

Mapa Cayo Largo - Cuba

Mapa Cayo Largo – Cuba

Por conta deste isolamento e do potencial turístico, Cayo Largo virou um mundo à parte, completamente separado da vida cubana. As operadores vendem pacotes direto pra lá, criando a situação insólita do sujeito que vai a Cuba mas não conhece Cuba de verdade, o que me parece um imenso desperdício.

Dá sim pra fazer as duas coisas, conhecer Havana e Cayo Largo, embora não seja tão simples quanto pegar um ônibus para Varadero.

->Varadero: Como ir, reservar hospedagem e circular sem pacote.

Como ir a Cayo Largo?

Para quem já está em Havana, compensa comprar um pacotinho em uma agência de viagem.A Cubatur é a principal operadora e tem várias agências em Havana. Eu contratei minha excursão na que fica dentro do Hotel Iberoestar Parque Central, perto do Capitólio. Também dá pra comprar passagens e diárias de hotel separadas mas fica bem mais caro e você fica sem pai nem mãe em um lugar onde o principal meio de transporte é o barco.

Cayo Largo, da janela do avião.

Cayo Largo, da janela do avião.

Como eu não tinha muito tempo, optei por uma excursão de um dia com tudo incluído: alimentação, transporte, passagem aérea, passeios de barco e babá. Sim, porque eles cuidaram da minha vida por quase 20 horas!

Como foi o passeio

O ônibus chegou às 05h da manhã no Hotel Iberoestar Parque Central ( fica na região central de Havana). Foi o lugar que eu indiquei quando comprei o pacote porque ficava perto da casa onde estava hospedada.

Avião da Aerogavita, que faz o voo Havana - Cayo Largo.

Avião da Aerogavita, que faz o voo Havana – Cayo Largo.

No aeroporto José Marti, o trâmite foi rápido, o avião da Aerogaviota , a companhia cubana que opera dentro do país , saiu no horário e o voo foi tranquilíssimo. Meia hora depois eu já estava babando na paisagem da janela enquanto o avião pousava ao lado daquele marzão azul.

O aeroporto Internacional de Cayo Largo é pequeno, mas organizado, lotado de europeus. Aproveitei para uma aulinha rápida de rumba no saguão.;)

Marina de Cayo Largo - CubaSeguimos para a Marina, de onde saem todos os passeios de barco no cayo. Daí em diante, clima de imersão total no paraíso tropical em um barco confortável, música caribenha e lagostas preparadas na hora ( e pagas a parte).

Nem preciso dizer que a paisagem é um absurdo de bonita:

Cayo Largo - Cuba III

Areia branquinha...

Areia branquinha…

Dá pra escrever um tratado sobre os muitos tons de azul do mar de Cayo Largo. A cor varia conforme a profundidade e a proximidade dos bancos de areia. Em torno das ilhotas, formam-se grandes áreas rasas, com água transparente e chão de areia branca.

O lugar é famoso não é de agora. Durante a era de ouro da pirataria, os bucaneiros aproveitavam que os galeões espanhóis não conseguiam entrar para esconder ali seus tesouros. A Isla da Juventud, a maior do arquipélago ( que eu não conheci) é o cenário real do livro A Ilha do Tesouro, de Robert Stevenson.

Os tons de azul de Cayo Largo.

Os tons de azul de Cayo Largo.

Nosso programa foi bem mais simples. Seguir com a água pela cintura até Cayo Iguana, onde os bichinhos costumam tomar sol. Foram várias paradas para mergulho e observação de peixes nos recifes até chegarmos à Praia Sirena.

Chegando em Praia Sirena.

Chegando em Praia Sirena.

Praias de Cayo LargoO lugar é basicamente um ponto de recepção de turistas, com espetáculo de golfinhos amestrados, restaurante e a melhor praia da ilha.

Depois do almoço, o grupo teve tarde livre na areia. Incrível como um lugar turístico pareça ao mesmo tempo tão selvagem. Há estrutura, mas só o suficiente pra você se sentir confortável. Os visitantes se distribuem pela larga faixa de areia branquinha e você fica olhando as gaivotas, quase hipnotizado pelo tal mar cor de azul-turquesa.

Praia Sirena.

Praia Sirena.

Quase todos que vieram no nosso voo seguiram depois para os hotéis, que ficam em outra área da ilha. O grupo da excursão, apenas 4 pessoas,( mais um sinal de que vale a pena o pacote com pouso), embarcou então em um barco menor. Foi a melhor parte do passeio. O guia cubano parece ter ficado livre para nos levar cantos mais escondidos e bonitos da ilha.

No fim da tarde, ancoramos diante de uma prainha deserta, apenas com iguanas e pássaros por perto. O próprio guia preparou no barco um jantarzinho gosto a base de peixe.

Alimentando as gaivotas.

Alimentando as gaivotas.

Problema mesmo só no aeroporto. O voo deveria sair às 21h mas houve algum problema técnico e o avião voltou pra Havana sem a gente. Depois da confusão inicial, a companhia liberou lanches e bebidas para os passageiros. O avião decolou lotado duas horas depois. Todo mundo morto de cansado, mas feliz.

SERVIÇO:

Quanto custa ir para Cayo Largo: os preços variam de acordo com a época do ano. Em abril, alta temporada, paguei 190 CUCs ( 1 CUC equivale a 1 dólar). Se comprasse apenas a passagem aérea, pagaria 160 dólares. No mesmo período, um pacote de duas noites em Cayo Largo, saindo de Havana, com passagem e refeições incluídas saía por 260 dólares.

Onde comprar passagens e pacotes: Como disse, eu contratei a excursão na agência de turismo que funciona dentro do Hotel Iberoestar Parque Central. Mas fiz um levantamento em outras agências ( todos os grandes hotéis tem uma) e elas vendiam os mesmos pacotes, sem variação de preço. Lembre-se que as operadores e agências de Cuba são todas estatais.

Minha dica:Quando estiver em Cuba, compre passagens, pacotes e excursões com pelo menos dois dias de antecedência. Procurei alguns passeios na véspera e os lugares já estavam esgotados. Como as operadoras são todas estatais, não tem concorrência. Quando acaba em uma agência, acaba em todas.

FOTOS: CASSIANA PIZAIA

————————
Veja mais dicas e posts sobre Cuba:

Varadero: Dicas de como ir, reservar hospedagem e circular sem pacote
O que fazer em Havana: Um roteiro pelo centro antigo
O que fazer em Havana: No bairro de Centro Habana
De Sierra Maestra ao Museu da Revolução
Trinidad: Como é a cidade histórica mais charmosa de Cuba
Cuba: O Valle de Viñales

postado por Cassiana Pizaia
  1. 23 ago2016
    Fabio Coelho

    Que bacana que encontrei teu site. Estou indo para Cuba e adorei as informações.
    Será que existe alguma praia bem pertinho de Havana que possamos passar uns dois dias?

    • 1 set2016
      Cassiana Pizaia

      Fabio, Havana tem várias praia para banho, as chamadas Playas del Este. Elas ficam a cerca de 20 km do centro e dá pra ir de ônibus turístico, mas são bem simples, normalmente frequentadas por cubanos. Se puder sair da capital, eu recomendo Varadero. A península fica a 150 km da capital com acesso fácil por ônibus da Viazul. Veja mais detalhes sobre Varadero e como chegar lá neste post: http://www.outrasterras.com.br/cuba-varadero-dicas-de-como-ir-reservar-hospedagem-e-circular-sem-pacote. Obrigada pelo contato.

  2. 21 set2016
    Diego

    Seu site tem sido uma grande ajuda, não é fácil encontrar as informações e aqui elas aparecem de maneira bem detalhada. Minha dúvida é a seguinte: tem como reservar estes pacotes com antecedência ainda aqui do Brasil, ou somente quando eu estiver em Havana mesmo? Vou para Havana em janeiro, e serão 10 dias em Cuba. Ainda estou em dúvida de que roteiro fazer (aceito sugestões!)

Deixe seu comentário: